sábado, 16 de janeiro de 2016

Jessica Jones

A nova série da Netflix está fazendo muito sucesso de visualização e como sou muito ligada a essas histórias com heróis, ainda mais se forem da Marvel, fui logo para conferir o resultado de toda essa produção. A divulgação dessa série não foi alta, mas o retorno tem sido. Acredito que seja principalmente por causa da curiosidade já que ela não é uma personagem muito famosa como o Capitão América.

A série não é fiel à história dos quadrinhos, mas preserva elementos importantes. Vou fazer um breve resumo sobre a história da HQ assim fica mais fácil para vocês entenderem as diferenças. Jessica Jones frequentava a mesma escola que o Peter (Homem-Aranha) e era apaixonada por ele. Seus pais ganharam um passeio para Disneyland e no caminho Jessica tem uma briga com seu irmão que resulta num acidente de carro com um caminhão cheio de substâncias tóxicas. Toda família dela morre e Jessica fica em coma, despertando apenas durante a batalha do Quarteto Fantástico com o Galactus devido a alta liberação de energia. Ela é adotada e volta para o mesmo colégio de Peter Parker. Acaba descobrindo seus poderes (voar, super força e resistência) e se torna Safira para combater o crime.



A vida como Safira não dura muito, pois logo ela encontra seu pior vilão o Homem-Púrpura. Ele controla a mente das pessoas pela simples fala, e Jessica acaba ficando oito meses sob seu poder. Apenas se libertando quando é enviada por Zebediah Killgrave (Homem-Púrpura) para matar o Demolidor, mas ela acaba atacando a Feiticeira Escarlate no reduto dos vingadores por engano. Nesse processo consegue se livrar do controle mental e leva uma surra muito forte dos Vingadores voltando a ficar em coma. Jessica fica vários meses em estado vegetativo sendo tratada na Shield e também cuidada por Jean Grey, assim ela consegue superar seu estado.

A personagem acaba tendo várias idas e vindas dentro desse enorme universo Marvel, mas sendo sempre caracterizada como uma heroína diferente. Aquela que não gosta de usar codinomes e nem fantasias. E a serie da Netflix mostra bem esse lado dela. A série é focada na linha de HQs Alias que mostra a personagem num universo muito mais adulto onde ela é uma investigadora particular e usa suas habilidades para resolver os casos. Ao contrário da HQ Jessica não voa (até agora não voou) apenas consegue dar grandes saltos e sinceramente gostei dessa interpretação, pois nos dá uma sensação de seriedade e realidade.

Killgrave (Homem-Púrpura)

Jessica sofreu o acidente com sua família, mas não foi infectada por produtos tóxicos. Há uma permissa muito mais interessante que explica como ela possivelmente adquiriu seus poderes, creio que será explorada na segunda temporada. Nesta primeira tudo gira em torno do seu trauma com Killgrave e como conseguir vencê-lo e mostrar para o mundo o tipo de monstro que ele é.

Killgrave havia saído de sua vida, mas um caso trouxe seu pior pesadelo de volta. Conseguimos perceber o tanto que ele mexeu com sua cabeça por causa dos devaneios que ela sofre. Nesse enredo temos a figura da Patrícia ou Patsy (na HQ sendo identificada por Felina) que é sua irmã (depois da adoção) e a única com quem manteve laços. Na HQ Felina é uma heroína com poderes psíquicos, mas nessa primeira temporada não houve nenhum sinal disso. Então não sabemos se haverá ou não posteiormente...

Felina ou Patsy

Jessica é uma pessoa extremamente só, viciada em álcool e com um senso de justiça muito forte. Acredito que todas as mudanças que foram feitas em relação a HQ foram necessárias. Além disso, é muito possível que haja uma colaboração entre o Demolidor e Jessica Jones muito em breve (isso é especulação da minha parte...) devidos as suas histórias nas revistas.

Todos os 13 episódios possuem uma produção impecável, trilha sonora envolvente e interpretações intensas. A própria abertura da série é uma arte. Agora vem os pontos negativos, não curti o casal principal. Eu sei que Luke Cage é par romântico dela, mas realmente não senti química entre o casal, ficou muito forçado... Ainda bem que não exploraram muito isso na série. Outro ponto negativo foi que quase abandonei a série no segundo episódio (devido a altas cenas pornôs totalmente desnecessárias, podem dizer o que quiser... mas eu curto história e sempre vou curtir A história), então veio o milagroso terceiro episódio que salvou totalmente a minha perspectiva e continuei a ver. Parece até que houve uma mudança de roteirista, pois o enfoque da série muda completamente...

Luke e Jessica
Mas uma coisa vão deixar vocês completamente satisfeitos, nessa primeira temporada tudo sobre o principal vilão é resolvido. Então os ganchos que sobram para a próxima temporada não tem nada haver com o Killgrave. Agora resta a pergunta: Se Jessica Jones enfrentou logo na primeira temporada o seu principal vilão o que resta para vir? Vamos ter que esperar para conferir.


14 comentários:

  1. Oi, Kelen!
    Confesso que prefiro muito mais o plot da HQ do que da série. Mas, com tem essas coisas de direitos para empresas diferentes, fica complicado.
    Eu só assisti 3 eps até agora e estou curtindo. Não estou achando essa coca-cola toda que o povo está falando, mas é bacaninha.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Luiza!
      Foi exatamente o que pensei rsrs Não é mesmo essa coca-cola toda hehehe.
      Bjos

      Excluir
  2. Oi Kelen, tudo bem contigo ???
    Menina, eu estou morrendo de vontade de assistir essa série !!! Desde que ela foi anunciada, e que começaram a aparecer os teasers eu fiquei super ansiosa pelo lançamento. Infelizmente, ainda não tive a chance de começar a assistir, mas uma hora dou um jeitinho !!!
    Gostei que você comentou na sua resenha algumas das diferenças entre as HQs e a série, acho legal conhecer um pouco melhor o material original para que possamos curtir e aproveitar ainda mais o seriado !!! ^^

    Beijinhos
    Hear the Bells

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vale a pena ver Ryoko. Depois me conte o que achou.
      Bjoss

      Excluir
  3. Oi, Kelen, tudo bem?

    Eu tenho tanta série da Netflix na miha interminável lista de séries para serem assistidas...hahaha
    JJ é uma delas. Eu não conheço nada da HQ, então seria uma coisa totalmente nova para mim.
    Todo mundo elogia bastante esse série!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Tamires, quando ver vem me dizer o que achou.
      Bjoss

      Excluir
  4. Essa é uma série que eu não consigo gostar :( tentei assistir o primeiro episódio e em minutos já foi pro espaço haha adorei a resenha, tem série que simplesmente não funciona mesmo com a gente né

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/
    Tem resenha nova no blog de "Eu te amo, você me assombra", vem conferir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei como é Carol, só consegui ver pq insisti. Como disse... os dois primeiros epis não prestam :P
      Bjoss

      Excluir
  5. Oii Amiga, tudo bem?
    Bem, você sabe que ainda não terminei a série, mas apesar daqueles pontos que havíamos discutido, tenho curtido bastante, espero que a segunda temporada continue assim, com o mesmo ritmo.
    Abraços,
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu espero que melhore ainda mais né Amanda hehehe
      Agora vejamos quem será o próximo vilão...
      bjoss

      Excluir
  6. Ainda não comecei, mas estou doida pra assistir!
    beijo
    www.tatices.com

    ResponderExcluir
  7. Sensacional essa serie, não veja a hora de uma nova temporada. Netflix tem arrasado nas séries!

    https://somaisumaleatorio.wordpress.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza! Sou uma fã de carteirinha das séries deles e essa é uma das melhores *-*

      Excluir

♥ Theme por Erica Pires © 2013 • Powered by Blogger • Todos os direitos reservados • Melhor Visualizado no Google Chrome • Topo