sexta-feira, 26 de dezembro de 2014

Especial Nárnia – O Cavalo e seu Menino

Crônica: O Cavalo e seu Menino

Série: As Crônicas de Nárnia

Editora: WMF Martins Fontes


Sinopse: Ao saber que não era filho de Arsheesh, o pescador, o jovem Shasta decide fugir da cruel Calormânia. Na companhia do cavalo falante Bri, ele parte em direção ao Norte rumo a Nárnia, onde o ar é fresco e reina a liberdade. Em sua jornada pelo deserto árido, Shasta tenta imaginar o que estará esperando por ele adiante. Tudo parece tão vasto, desconhecido, solitário e livre. 


Shasta é um menino retraído que suporta o mau humor e certa violência do pai por acreditar que aquele é o seu caminho. Então ele age como se fosse um empregado de seu pai, fazendo até as refeições e cuidando das tarefas de casa. Até o dia em que um visitante inesperado se hospeda em sua casa. E revelações são feitas. Finalmente descobre que Arsheesh apenas o acolheu quando criança e mentiu a vida toda para ele. Neste momento um peso sai de seus ombros e vê na oportunidade de seguir Bri, o cavalo do visitante, em uma fuga para Nárnia o caminho para sua liberdade.

Bri é um cavalo de falante de Nárnia que foi tirado de sua terra natal a força. Ele só esperava um momento propício para iniciar seu retorno para sua amada terra. Conhecendo Shasta percebe que ele pode ser o parceiro perfeito para essa ousada viagem já que a Calormânia é muito longe de Nárnia e um cavalo viajando sozinho logo seria capturado novamente.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2014

A Casa das Orquídeas – Lucinda Riley

Editora: Novo Conceito

Sinopse: Quando criança, a pianista Júlia Forrester passava seu tempo na estufa da propriedade de Wharton Park, onde flores exóticas cultivadas pelo seu avô nasciam e morriam com as estações. Agora, recuperando-se de uma tragédia na família, ela busca mais uma vez o conforto de Wharton Park, recém-herdada por Kit Crawford, um homem carismático que também tem uma história triste. No entanto, quando um antigo diário é encontrado durante uma reforma, os dois procuram a avó de Júlia para descobrirem a verdade sobre o romance que destruiu o futuro de Wharton Park. E, assim, Júlia é levada de volta no tempo, para o mundo de Olívia e Harry Crawford, um jovem casal separado cruelmente pela Segunda Guerra Mundial, cujo frágil casamento estava destinado a afetar a felicidade de muitas gerações, inclusive da de Júlia.

Wharton Park, a casa da família Crawford, esconde muitos segredos que são revelados aos poucos pela Lucinda Riley de forma brilhante. Como diz uma amiga minha, é o tipo de livro que tem que ser lido com paciência, pois a leitura não é frenética e segue o ritmo emocional dos personagens que se encontram, na maioria das vezes, em sofrimento.

No inicio do livro, Júlia está no momento mais sombrio de sua vida e busca forças num velho chalé para poder superar essa crise. Ela perdeu seu marido e seu filho de dois anos num terrível acidente de carro na França enquanto fazia um recital de piano. Isso a faz ficar longe de uma das maiores felicidades de sua vida, o piano. Sua irmã Alícia foi à França e a trouxe para Inglaterra a fim de ficarem mais próximas e ela poder dar o apoio que sua irmã tanto necessitava. O problema é que Júlia não aceita esse apoio e continua se afastando de todos.

domingo, 14 de dezembro de 2014

De Volta ao Jogo


Lançamento: Novembro de 2014
                      
Direção: David Leitch e Chad Stahelski


Sinopse: John Wick (Keanu Reeves) já foi um dos assassinos mais temidos da cidade de Nova York, trabalhando em parceria com a máfia russa. Um dia, ele decide se aposentar, e neste período tem que lidar com a triste morte de sua esposa. Vítima de uma doença grave, ela já previa a sua própria morte, e deu de presente ao marido um cachorro para cuidar em seu período de luto. No entanto, poucos dias após o funeral, o cachorro é morto por ladrões que roubam o seu carro. John Wick parte em busca de vingança contra estes homens que ele já conhecia muito bem, e que roubaram o último símbolo da mulher que ele amava.


Alguns disseram que este filme poderia ser à volta em grande estilo de Keanu Reeves depois do suposto fracasso do filme 47 ronin. Digo suposto porque as pessoas não entendem que aquele filme foi uma adaptação de um relato ficcional sobre um grupo real de samurais do Japão do século XVIII que vingaram a morte de seu mestre. Aquele filme foi extremamente fiel aos atos daquele povo naquela época. Por isso não podíamos esperar romance ou coisas que normalmente o público gosta.

Voltando para o filme em questão, antes de assistir o filme li uma crítica horrível sobre o filme e muitos comentários opostos a aquela crítica. O que me deixou ainda mais curiosa. Confiando no incrível gosto de Keanu para aceitar filmes, fui ver para tirar minhas próprias conclusões sobre a trama. O cinema estava muito vazio e não acho que estejam fazendo uma divulgação apropriada deste filme, algo que tem sido muito corriqueiro no mundo do cinema.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Especial Nárnia - O Leão, a Feiticeira e o Guarda-roupa



Crônica: O leão, a feiticeira e o guarda-roupa


Série: As Crônicas de Nárnia


Editora: WMF Martins Fontes

Sinopse: Conta a história sobre as aventuras de quatro irmãos na Inglaterra assolada pela Segunda Guerra Mundial, quando eles entram no mundo de Nárnia através de um guarda-roupa mágico, enquanto brincavam de 'esconde-esconde' na casa de campo de um professor idoso. Lá, as crianças descobrem uma terra encantadora e tranquila, porém condenada pela bruxa malvada a viver num inverno sem fim. Guiadas pelo seu nobre governante, o leão Aslam, as crianças lutam para anular o poder da bruxa sobre Nárnia.


O menino Digory que conhecemos na primeira crônica cresceu e se tornou professor, indo morar em uma zona afastada de Londres. Em pleno campo morava com uma governanta e três criadas num imenso casarão. Numa noite recebeu quatro crianças que passariam uma temporada com ele enquanto havia guerra e consequentemente, ataques aéreos em Londres.

Lúcia, Susana, Pedro e Edmundo juntos em Nárnia pela primeira vez

Black Friday 2014


Olá queridos! Tudo bem com vocês?

Finalmente ontem chegou meu último pacote de entrega das compras que fiz na Black Friday e tenho várias coisas que quero compartilhar com vocês.

Claro que no dia houve várias reclamações das lojas e dos sites participantes, devo dizer que muitas delas eram realmente com fundamento. O site da Saraiva, por exemplo, estava trocando informações de entrega. Não aconteceu comigo, mas com uma amiga minha. Sem falar que ele ficou um pouco lento. O site das Americanas funcionou perfeitamente comigo até quando concluí o pagamento, depois, não consegui acessar mais minha conta naquele dia para rever os produtos que comprei. Tive que esperar o dia seguinte.

Agora uma coisa que fiquei totalmente decepcionada foi o fato da FNAC não ter feito uma promoção decente. O site dela nem parecia que estava participando da promoção. O submarino estava com várias séries de livros famosos com o BOX em promoção. Infelizmente não era nenhum dos que me interessei.

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Cartas para Julieta

Lançamento: Maio de 2010

Direção: Gary Winick

Estúdio: Summit Entertaiment

Sinopse: Sophie (Amanda Seyfried) e Victor (Gael García) viajam à Verona palco da história Romeu e Julieta para uma pré lua-de-mel. Só que Victor está mais interessado em fazer contatos para seu futuro restaurante em Nova York, enquanto Sophie se distrai com um grupo de voluntárias que responde cartas endereçadas a Romeu e Julieta, procurando conselhos amorosos. Enquanto ajuda as voluntárias, ela encontra uma carta escrita em 1957 de uma senhora chamada Claire (Vanessa Redgrave). Sophie responde à carta. Claire acompanhada de seu neto Charlie (Chris Egan) vão à Itália e tentam encontrar Lorenzo, o verdadeiro amor de Claire.

Logo no inicio do filme é perceptível o tanto que Sophie está apaixonada por seu noivo Victor. Eles decidem tirar uma lua de mel adiantada, já que Victor logo abrirá seu restaurante e depois não terão tempo para isso. O lugar escolhido é Verona. Agora quando falamos do sentimento do Victor percebemos que ele está mais preocupado com o restaurante e com outras coisas do que proporcionar felicidade a Sophie.



Especial Nárnia – O Sobrinho do Mago

Crônica: O Sobrinho do Mago
Série: As Crônicas de Nárnia
Autor: C. S. Lewis
Editora: WMF Martins Fontes
Sinopse: A aventura começa quando Digory e Polly vão parar no gabinete secreto do excêntrico tio André. Ludibriada por ele, Polly toca o anel mágico e desaparece. Digory, aterrorizado, decide partir imediatamente em busca da amiga no Outro Mundo. Lá ele encontra Polly e, juntos, veem Aslam criar o mundo encantado de Nárnia, repleto de sol, árvores, flores, relva e animais.
Não posso deixar de iniciar essa resenha sem antes falar do narrador. Não sei ainda se os próximos contos tem a mesma visão de narrador, mas de uma coisa posso afirmar é um narrador incrível.
Sabe aquelas perguntas que se formam ao longo da narrativa? “Como isso aconteceu? De onde vieram? Por que agem dessa forma?” Posso dizer com clareza que o narrador responde todas as suas perguntas e outras que ainda nem pensou em perguntar. Além disso, podemos sentir um sentimento de amor pela história à medida que cada palavra é lida. Algo totalmente particular deste conto. (Se nos outros houver o mesmo teor irei avisá-los.).

Especial Nárnia – Apresentando C. S. Lewis

Seja muito bem vindo ao nosso especial de Nárnia! Ao longo das próximas semanas faremos uma análise individualizada de cada conto deste livro magnífico. E para podermos começar com o pé direito, vamos primeiro conhecer melhor nosso autor, Cilve Staples Lewis.


Nasceu na cidade de Belfast, Irlanda (atual Irlanda do Norte), em 29 de novembro de 1898, teve uma infância incomum. Ficava a maior parte do tempo em casa juntamente com seu irmão Warren Lewis (1895-1973) e se dedicavam a leitura de clássicos. Quando sua mãe morreu em seus 10 anos, buscou ainda mais refúgio no campo de suas histórias e fantasias infantis.

Em 1916 foi admitido no Universty College, em Oxford, Inglaterra, mas teve que interromper seus estudos por causa do serviço militar exigido na Primeira Guerra Mundial, retornando apenas em 1918 com 20 anos. Durante seu serviço conheceu o soldado Paddy Moore com que firmou uma amizade. Ambos fizeram a promessa que se um deles morresse o outro cuidaria para sempre da família do falecido. Moore faleceu em 1918 e Lewis cumpriu o compromisso. Manteve uma amizade próxima da Sra. Janie Moore e viveu em várias casas arrendadas com ela e sua filha Maurren. Fato que desagradou seu pai, nesta época Clive havia abandonado o cristianismo.

Outlander


Série de televisão baseada na série de livros de Diana Gabaldon. Uma série de oito livros, tendo o último sido publicado ainda este ano. A primeira temporada tem por base o primeiro volume da história e está dividida em 16 episódios. Atualmente foram exibidos apenas 08 episódios, os demais serão exibidos a partir do dia 04 de abril de 2015 pela Starz. A segunda temporada já está confirmada com 13 episódios, baseada no segundo livro da série, Libélula no Âmbar.

Claire Beauchamp

Defendant of Love - Tai-drama


Exibida no período de 1º de janeiro de 2008 a 18 de fevereiro de 2008, este lakorn (como se chama ás novelas Tailandesas) tem por tema, além do romance, vingança. Jam Loey Rak, nome Tailandês para a novela, possui uma história famosa que já foi adaptada várias vezes como série e filme. O livro da adaptação da história tem o mesmo nome.  São 14 episódios que foram exibidos no Canal 03. Essa versão possui um dos casais mais famosos e amados da TV Tailandesa, além de ter um elenco excelente. O que significa que há vários lakorns com os dois como principais.

Jam Loey Rak foi o primeiro lakorn que vi. A primeira impressão que temos é de uma mistura de novela mexicana com drama coreano. A censura é muito maior nesse país por isso praticamente não há beijos, mas tem muita insinuação de acontecimentos o que deixa uma porta aberta para a imaginação.


So e Harit logo após o sequestro

domingo, 9 de novembro de 2014

Grace de Mônaco – Cindy De La Hoz


Uns preferem Judy Garland, outros Audrey Hepburn, eu prefiro Grace Kelly. E não é porque ela se tornou a princesa de Mônaco, e sim por tudo o que ela realizou e por todos os relatos de pessoas próximas a ela, e sobre quem ela era.


Neste livro temos uma fotobiografia completa sobre a vida de Grace, desde criança até sua morte. O que mais gostei é que fala de tudo o que ela fez, filmes, séries de TV. Tudo mesmo. O livro está divido por assuntos e o único ponto negativo que vi é que dentro desses assuntos não colocaram os fatos numa ordem cronológica e aí fica um pouco confuso de inicio, até o leitor pegar o jeito da narrativa. As fotos são incríveis e podemos sentir a sinceridade de Grace através das palavras de Cindy, citações de Grace e amigos.

Grace tinha três irmãos e sempre foi a mais tímida e quieta da família. Seu pai fez fortuna no campo da construção e isso não era bem visto pelas pessoas de elite da Filadélfia. O lema de seu pai, Jack Kelly, fez com que Grace realizasse coisas maravilhosas: “Jamais seja uma pessoa que recebe e não dá nada em troca. Tudo deve ser conquistado, com trabalho, persistência e honestidade.”.

domingo, 2 de novembro de 2014

Bridal Mask - K-drama


Um drama coreano (Não sabe o que é um drama? Veja aqui mais informações sobre o termo.) transmitido pela KBS2 em 2012 foi baseado no mangá Gaksital criado por Ho Hyong Man. Sua transmissão se realizou de 30 de maio de 2012 a 06 de setembro de 2012. Este drama ganhou vários prêmios após sua finalização, entre eles se destacam: Drama do Ano pela República da Coreia do Prêmio Nacional da Assembléia; Melhor Ator para Kim Eung Soo e Jeon No Min, e Melhor Atriz Revelação para Ban Min Jung pela 20º Cultura Coreana e Entertaiment Awards; Melhor Malabarismo pela 1º K-Drama Star Awards e o Prêmio de Popularidade para Joo Won pela KBS Drama Awards.


São basicamente 28 episódios de muita história coreana. O enredo se passa no período em que os reis de Josen (antiga Coréia) foram assassinados pelos japoneses e estes tomaram o controle do país. Impondo cultura, leis e muita submissão ao imperador japonês. Neste contexto de muita opressão, surge um herói popular que luta contra os oficias japoneses para ajudar o povo de seu País. Apesar de suas atitudes nobres o foco dele não seria de realmente ajudar a população e sim de vingança pessoal.

domingo, 26 de outubro de 2014

Fragmenta-me – Tahereh Mafi


Depois de ler cuidadosamente esse livro extra da trilogia fico me perguntando sobre a frase desse e-book: “Eu não vou perdê-la”. Pergunto-me porque colocaram uma frase tão equivocada com o que seria escrito dentro do livro na capa? Quando terminar minha explanação sobre este livro, tenho certeza que entenderam minhas considerações.

Adam é nos apresentado de uma forma completamente diferente de Estilhaça-me e de Liberta-me. Lembro a todos que só devem ler este livro depois de lerem os dois primeiros da sequencia. Em Estilhaça-me conhecemos um Adam que sempre pensou em Juliete, que a procurou e que de uma forma muito torta volta pra a vida dela a fim de protegê-la. Em Liberta-me, apesar de Adam sentir muitas dores ao tocar em Juliete ele não aceita se afastar dela. Fica sempre por perto esperando que ela o aceite de volta.

Homem-Aranha a Trilogia


Hollywood tem sofrido com a falta de ideias de seus roteiristas, mas como a indústria de entretenimento não pode parar, nos últimos anos, tem apostado em adaptações seja de heróis de quadrinhos ou de livros de sucesso. Seguindo a linha dos heróis quero fazer uma explanação sobre os três primeiros filmes feitos pelo estúdio da Columbia Pictures juntamente com o estúdio Sony Pictures Entertainment.

O primeiro filme tentou seguir mais fielmente alguns detalhes dos quadrinhos como a história da origem e focando num dos principais vilões da história do Homem-Aranha, o Duende Verde. Apesar disso em muitos pontos a atuação de alguns atores e de parte do enredo que fugia da história em quadrinho deixou muito a desejar. Justamente por causa dessas mudanças os outros filmes não puderam ser fieis a HQ e por isso tiveram que ser reconstruídos.


domingo, 19 de outubro de 2014

This Woman’s Work – Kate Bush


Pray God you can cope
Reze a Deus para que você possa lutar
I stand outside this woman’s work
Eu fico esperando do lado de fora do trabalho dessa mulher
This woman’s world
Do mundo dessa mulher
Ooh, it’s hard on the man
Ooh, isto é difícil para um homem
Now his part is over
Agora sua parte chegou ao fim
Now starts the craft of the father
Agora começa o ensinamento do pai

I know you have a little life in you yet
Eu sei que você tem um pouquinho de vida em você ainda
I know you have a lot of strength left
Eu sei que você tem muita força
I know you have a little life in you yet
Eu sei que você tem um pouquinho de vida em você ainda
I know you have a loto f strength left
Eu sei que você tem muita força

terça-feira, 14 de outubro de 2014

As Faces da Luz – Tatiane Durães


O primeiro livro da Trilogia Arcantatys conta a história de Tayara que vivia uma vida normal com sua mãe em uma propriedade ao lado da Área de Proteção Ambiental da Serra do Mar. Sua mãe, Sonia, recebe uma pensão de seu falecido marido com a qual consegue pagar todas as contas. Tayara tem uma vida mais agitada, com uma agenda cheia de shows de sua banda com seus amigos. Muitas vezes trocando o dia pela noite.

Em uma manhã o guarda florestal Eduardo avisa Tayara e sua mãe sobre um lobo que está solto nas redondezas e pedem para elas tomarem cuidado. Certo dia, depois de se sentir vigiada durante uns dias, se depara com um lobo dentro de sua cozinha. Ele a impele e sua mãe para dentro da floresta e as faz atravessar um portal para a aldeia de Haesbaert. Quem as recepciona é o elfo Aodh que não demostra nenhuma felicidade ou empolgação pela chegada delas, pelo contrário. Em oposto a isso, rei Cedric é um poço de gentileza com as duas. Depois de serem levadas ao rei descobrem que Sonia é descendente de um elfo de linhagem real e por isso é rainha de um dos povos dispersos dos elfos os Lamounier.

segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Lucy


Lucy (Scarlett Johansson) é uma jovem de 25 anos que estuda em Taipé, Taiwan. O filme começa com ela conversando com Roberto, suposto “ficante”. Ele tenta impedir ela de ir embora depois de uma noitada e pede para ela fazer algo para ele. Ela não quer por isso ele acaba prendendo uma algema em sua mão e na maleta pra que ela seja forçada a ir entregar a maleta em um hotel.

O que mais me chamou a atenção foi que durante essa cena aparecia várias cenas de selva. Com predadores e presas. Sinceramente achei que estava com problema o filme. De verdade, já estava pensando em reclamar, mas aí pensei que talvez fizesse parte do filme. E fui observando e percebi que cada animal mostrado representava um personagem na sua atual situação da trama. Uma sacada de gênio, visto que o filme gira em torno de processos biológicos.

Então Lucy é levada pela máfia coreana para uma área restrita do hotel. A maleta estava cheia de drogas e ela acaba sendo obrigada a levar as drogas para outro país como mula. Agora tenho um grande elogio pra fazer, realmente eles representaram muito bem o povo coreano. Não conheço muito sobre a máfia coreana, mas eles realmente falavam em coreano e usavam termos usuais. Só sei disso porque tenho conhecimento da língua e cultura da Coréia do Sul. Sabem por que isso é tão importante? Já cansei de ver filmes dizendo que personagens eram japoneses, mas na verdade eram coreanos interpretando japonês. E às vezes há erro até na língua que eles pronunciam. Sério! Isso acontece com frequência em filmes.

segunda-feira, 6 de outubro de 2014

Vampire Flower - K-drama


Um mini drama baseado na web novel de mesmo nome. Possui seis episódios com cerca de 12 minutos de duração cada um. É nítido que foi inspirado no Crepúsculo, mas com elementos próprios.

Conta à história de Louis (Seo Jae Hyung), herdeiro de uma linhagem nobre de vampiros, que busca a flor dos vampiros. Uma flor especial que torna quem a possui o líder dos vampiros. Louis a busca durante um longo tempo, mas não tem muitas informações sobre ela, por isso conta com a ajuda de um ancião, enquanto luta contra Ashel (Kim Byung Choon). Ashel é um vampiro que busca a flor para obter poder e controle sobre todos os vampiros.
  

terça-feira, 23 de setembro de 2014

Destrua-me - Tahereh Mafi


Esse e-book se passa após o livro Estilhaça-me e antes do Liberta-me da querida autora Tahereh Mafi. Ele conta os grandes hiatos que se passam com o Warren depois que Juliette foge com o Adam para o abrigo.

Ficamos conhecendo todos os pensamentos de Warren após o tiro que levou de Juliette e também sua lenta recuperação. Warren procura respostas para tudo o que aconteceu e dentro do quarto de sua amada encontra o diário, que ela tanto escondia, e no qual escreveu todos os seus pensamentos íntimos. Enquanto Warren continua sua busca desesperada por ela, não consegue se separar daquele pedaço de caderno onde passa os dias lendo e relendo entre as suas obrigações. Assim o pesadelo de Warren se concretiza, o comandante supremo do reestabelecimento aparece, o pai de Warren, e toma a decisão de eliminar Juliette.

sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Alias - Codinome Perigo - Primeira Temporada


A primeira vez que vi essa série foi no SBT e como na maioria das TVs abertas, cortou a série e muito. Tinha vezes que dividiam um episódio em dois. Sim... Foi triste... Mas como eu gostei muito dos poucos episódios que tinha visto fui logo atrás de mais informações. Apenas alguns anos depois fiquei sabendo que a série tinha sido cancelada e que o ciclo foi fechado com cinco temporadas. Assisti cada uma e este ano finalmente pude comprar toda a série numa edição especial, como é uma série maravilhosa vou falar de cada temporada e de seus pontos bons e ruins.
  


segunda-feira, 15 de setembro de 2014

A Culpa é das Estrelas - John Green


Queria ter visto o filme antes de ler o livro, mas acabou acontecendo o oposto. Depois que ver o filme posto aqui as minhas considerações em comparativo com o livro. 

A escrita do autor nos dá a sensação de um dia ser vivido de cada vez, não é como a maioria dos livros onde a narrativa é frenética. Então há dias que acontecem coisas e dias em que não acontecem nada.

O livro conta a história da Hazel Grace, paciente de câncer, e sua luta para sobreviver. No decorrer do livro ela faz amizade com Isaac, também vítima de câncer, e com Augustus Waters, ex-paciente em atual estado SEC. É como eles chamam pessoas que estão sem câncer já algum tempo.

A relação de Hazel com os pais é um tanto conturbada, principalmente com a mãe. Ela não é de ficar discutindo, mas tem ciência do estado de sua doença e sabe que pode morrer a qualquer momento, por isso se preocupa com a mãe sempre cuidando dela. Isso gera um medo terrível de que algo ruim possa acontecer com seus pais depois que se for. Apesar de Hazel fazer parte de um tratamento experimental bem sucedido, todos sabem que é só para prolongar sua vida e não para curá-la. Então essa situação dá margens para uma série de discursões em família que entendo ser perfeitamente normal, devido às circunstâncias.

quinta-feira, 11 de setembro de 2014

Prosecutor Princess - K-drama


Ma Hye Ri (Kim So Yun) é uma filha mimada de um empresário de construções que se torna promotora. No dia de sua formatura ela confabula com sua mãe, uma estratégia para que seu pai não compareça a sua formatura, para que possa ir a uma estação de esqui e participar de um leilão de sapatos de uma linha famosa.

O que não esperava é que tudo desse errado na viagem, ela perde sua reserva; é roubada e ainda fura o pneu de seu carro. Nessa situação ela conhece Seo In Woo (Park Shi Hoo) um advogado que a ajuda de todas as formas possíveis, tanto na estação de esqui como quando ela volta para assumir seu lugar na promotoria.

 

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

Medo


Sabe aquele sentimento que se apodera de você, mesmo que não quer, e te deixa impotente? Te deixa sem reação ou te faz ter uma reação louca e impensada? Ele te paralisa. Ele te domina.

Quando atravessa um beco escuro, tarde da noite e até o barulho de seus passos te apavora. Quando as sombras das árvores viram sombra de pessoas que olham para você. Coisas inanimadas ganham vida...

Então vestimos uma capa de tranquilidade para camuflar nosso sentimento “vergonhoso” e procuramos finalizar logo o que estamos fazendo.

“Medo? Eu? Nunca!”

terça-feira, 2 de setembro de 2014

Deus Não Está Morto


Antes de entrar na história do filme quero falar um pouco da polêmica que tem sido sua divulgação. Pela primeira vez, pelo menos que eu já tenha visto, um filme dito cristão tem sido divulgado por vários meios de comunicação, incluindo parada de ônibus. Normalmente os grandes filmes vão parar lá, e isso é uma novidade justamente pela temática.

Fora isso, tenho que ressaltar sobre ele estar disponível no cinema e também no Netflix ao mesmo tempo. Muitos veem isso como ponto negativo e apesar de todo o processo que está rolando na justiça, para ele ser retirado do Netflix e ser novamente colocado lá quando for a hora correta, fez com que o filme ganhasse uma maior atenção da população.

Agora voltamos para a história. Na verdade há o núcleo principal que é o estudante e o professor, mas também ocorrem várias histórias paralelas e aos poucos elas vão se juntando, como uma enorme rede interligada. A forma como eles demonstram o dia a dia de pessoas cristãs (verdadeiras ou não) é a mais fiel que já vi. O diretor conseguiu mostrar a diferença do joio e do trigo no meio cristão usando nada mais que a namorada de Josh (Shane Harper).

segunda-feira, 25 de agosto de 2014

Father - United Hillsong

To bring this world to life
Para trazer o mundo à elevação
To heal this heart of mine
Para curar este meu coração
Your grace’s enough
Sua graça basta
Your grace’s enough
Sua graça basta

To mend this world in need
Para consertar este mundo necessitado
To break the chains in me
Para quebrar as correntes em mim
Your grace’s enough
Sua graça basta
Now this means love
Agora, isso significa amor

The weight of all our sin upon His shoulders
O peso de todos os nossos pecados sobre Seus ombros
For we should all be called
Que todos nós deveríamos ser chamados
Your sons and daughters
Seus filhos e filhas

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Oh! My Lady - K-drama


Yoon Hwa (Chae Rim) é uma mulher de mais de 30 anos, divorciada e com uma filha pequena. Ela tem problemas para encontrar um emprego estável e por isso acaba sendo despejada da sua moradia. Nessa situação, deixa sua filha com o pai até que se estabilize financeiramente e vai morar num quarto de motel. No desespero por um novo trabalho acaba pegando a limpeza da casa de uma estrela: Sung Min Woo (Choi Siwon). Ele é cantor e ator em ascensão, que por ter cometido muitos erros no inicio de carreira é obrigado a sempre obedecer ao seu agente. No primeiro dia de trabalho ela comete muitos erros e acaba saindo às pressas por causa de uma emergência. Quando retorna para se desculpar, por um mal entendido, acaba descobrindo que Sung Min Woo tem uma filha e faz uma proposta de ajudar a cuidar da criança e ser remunerada por isso, em segredo. Esse acordo deles resulta em muita confusão

Acredito que a grande maioria sabe que Siwon é um dos membros do grupo Kpop Super Junior, o que traz uma notoriedade muito importante para querermos ver o drama. Este foi o primeiro drama que vi e vi por causa do Siwon, confesso totalmente rs rs rs. Não me decepcionei, foi muito maravilhoso. Todo o núcleo atuou muito bem e a filhinha de Siwon é fofa demais. Ela dá todo um brilho para a história.

terça-feira, 19 de agosto de 2014

Explicação


Queridos leitores, vocês notaram que dei uma mudada no conteúdo do blog não é? Pois novas mudanças virão, e todas serão muito boas. Podem confiar.

Mas é claro que irei manter as postagens pessoais que sempre me motivaram a manter esse blog, a diferença é que dei uma pequena ampliação nas postagens de conteúdos que curto.

Sempre estarei trazendo livros, filmes, séries, músicas e doramas. Sim, vocês leram direito, doramas também. Por um longo tempo fui tradutora de alguns fansubs, muito queridos por mim, apesar de não traduzir mais continuo gostando do que é bom. Então estou sempre vendo coisas novas e ao mesmo tempo quero trazer doramas um pouco antiguinhos que são maravilhosos e valem muito a pena a ver.

Também postarei coisas de que não gosto e como sempre explicarei o motivo. Haverá uma classificação nova que já defini para as resenhas e tenho certeza que gostarão. Por enquanto é surpresa.

Para quem não está familiarizado com o termo “doramas” só posso dizer que é como se fosse uma série com poucos capítulos e com estrutura similar a uma novela. Haverá algumas siglas que irei usar para definir o tipo e por isso já vou adiantar esse conhecimento aqui:
  
* K-dramas = dramas coreanos;
* J-dramas = dramas japoneses;
* T-dramas = dramas taiwaneses;
* Tai-dramas = dramas tailandeses (também conhecidos como Lakorn) e
* C-dramas = dramas chineses.


Estou planejando também postar alguns vídeos meus algumas vezes, o conteúdo dos vídeos serão diversos, mas serão apenas um “plus” a mais para o blog, não será rotina. Espero que curtam todas as mudanças que estarei fazendo e as que já estou mostrando para vocês. Interajam sempre que quiserem, com comentários ou seguindo o blog. Perguntas nos comentários serão respondidas, podem ter certeza.

Follow my blog with Bloglovin

segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Trono de Vidro – Sarah J. Mass


Celaena Sardothien é uma prisioneira nas minas de sal de Endovier. Ela tem apenas 18 anos e foi condenada por tentar matar o rei de Adarlan. Órfã, criada pelo rei dos assassinos Arobynn Hamel e ensinada a sobreviver na mais difícil da realidade. Passa dia após dia tentando sobreviver à dura realidade. Certo dia recebe a visita do príncipe Dorian Havilliard. Ele faz uma proposta, se ela se tornar sua campeã terá que pagar alguns anos de serviço ao rei como assassina oficial do rei e sua pena será abolida. Mas para se tornar campeã deverá competir com vários outros criminosos e vencer todos eles.

Não tendo uma opção melhor, ela aceita a proposta e é levada para dentro do castelo do rei como candidata do príncipe. Apesar dos vestidos e todo o luxo que lhe é oferecido, ela demora para recuperar sua saúde física. Além de ter que se concentrar para não chamar atenção dos demais competidores e treinar como nunca com o capitão da guarda, Chaol Westfall. Porém, os competidores começam a morrer misteriosamente um a um, cada morte mais horrível que a outra.

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Academia de Vampiros


Numa bela noite de domingo, quando davam 21 horas e não tinha mais nada para fazer. Sério. Já havia feito tudo o que precisava e ainda era muitooooo cedo. Então olhei para o Netflix, ele olhou pra mim. E disse: “Vamos ver um filme?” Netflix respondeu: “Só se for agora!”.

Então fui procurar algo bem bobo pra ver. Foi aí que vi o pôster do filme Academia de Vampiros, dei uma olhada na sinopse e depois pensei “Esse deve ser um daqueles filmes bem bocós que prevemos tudo. Com atuações ruins e tal...”. Qual foi a minha grande surpresa que foi completamente o oposto. Sério gente!

A primeira coisa que vocês têm que fazer em relação a esse filme é não assistir o trailer. Ele não tem nada haver com o filme. É totalmente louco. Já tinha visto antes por isso fazia uma vaga lembrança quando vi o banner do filme na parte de novidades do Netflix.

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

A Escolha - Keira Cass


Choque. É a palavra que pode definir este último livro da trilogia. Fiquei em choque com várias partes. Mas precisamente no final do livro. Mas não vou contar o final, não se preocupem. ^^

Tenho que dizer que gostei muito dos outros livros. A escrita e a forma como a estória foi desenvolvida foi muito bem pensada nos primeiros livros o que me atraiu totalmente. A Elite com certeza é o meu livro preferido da série.

A Escolha começa muito bem, e nos deixa bem envolvidos por toda uma rebelião que é revelada ao longo do livro. Então não há só romance, tem um pouco de ação também. Então o livro vai acabando e eu vou ficando meio aflita, pois as coisas não estão se resolvendo. Começo a me preocupar com o final... É nesse momento que começa o meu choque.

sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Sand In My Shoes - Dido


Two weeks away it feels like the whole world should’ve  changed
Duas semanas longe e eu sinto que o mundo não deveria ter mudado
But I’m home now
Mas estou em casa agora
And things still look the same
E as coisas parecem as mesmas
I think I’ll leave it till tomorrow to unpack
Acho que vou deixar isto até amanhã para desembalar
Try to forget for one more night
Tentar esquecer por mais uma noite
That I’m back in my flat on the road
Que estou de volta ao meu apartamento nesta rua
Where the cars never stop going through the night
Onde os carros nunca param durante a noite
To a life where I can’t watch the sun set
Para uma vida onde não posso assistir ao pôr do sol
I don’t have time
Eu não tenho tempo
I don’t have time
Eu não tenho tempo

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

Contos da Seleção - O Príncipe e o Guarda


Pra quem começou a ler a trilogia da Seleção ou se interessa pela série de livros vai à dica, o ideal é ler este livro antes do último. Essa edição especial conta com vários bônus, inclusive uma entrevista com Keira Cass, a autora.

O primeiro conto é o do príncipe, não posso esconder que sou totalmente a favor do príncipe Maxon, mas não é por causa disso que gostei mais deste conto do que do conto do Guarda. Simplesmente, não gostei da forma que foi abordada a realidade de Aspen.

Maxon abre seu coração ao narrar várias partes da história por seu ponto de vista, assim podemos ver como é o sentimento que ele tem pela América. É engraçado que até quando se irrita com ela, gosta ainda mais dela.

sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Espera


A chuva caía. Estava admirando a dimensão que atingia a água à medida que descia das nuvens sobre o asfalto. O cheiro era úmido e fresco. Entrava em meus pulmões e não saía mais. Em volta havia pessoas correndo debaixo de seus guarda-chuvas. “Será que não percebem que já estão se molhando? Não precisam continuar correndo.” Pensava eu. O desespero de chegar seco em algum lugar era nítido nos rostos das pessoas a minha volta. Já estava chovendo por um bom tempo. Eu não tinha pressa. Protegida por meu guarda-chuva andava lentamente. O parque ficava cada vez mais lindo naquela atmosfera. A beleza também pode ser encontrada onde não se espera, nem todos entendem isso. Eu entendia. Avistei um banco vermelho, passo a passo fui até ele e sentei da forma que mais gosto de sentar. Mãe nenhuma deixa seus filhos se sentarem dessa forma, é impróprio, dizem elas. Mas não era mais uma criança e sim uma mulher em busca de algo. Seria fácil me desesperar e correr como os outros a minha volta, era só olhar para os meus problemas. Mas olho para a luz que emana do céu. Uma linda luz sobre a minha cabeça por aonde vou. Me recuso a agir como os outros. Sento neste banco e espero. Espero minha vez, meu momento. Não há porque me afligir, Ele cuida de mim. Sei o que devo fazer, e essa chuva que cai posso aproveitar da mesma forma que aproveito um dia ensolarado. A espera é um momento de transição para que coisas novas e grandiosas possam vir. Enquanto isso curto cada momento, mais na frente poderei dizer que aproveitei e continuo aproveitando cada momento me enchendo de pensamentos bons e da luz que poucos veem. “O que importa o que os outros pensam? Importa o que Ele pensa.” Sigo Seu caminho e não olho para trás, sei novas coisas estão por vir.

quinta-feira, 31 de julho de 2014

Gilmore Girls - Primeira Temporada


Sabe aquele tipo de relacionamento único que filha e mãe possuem? Aquele sentimento que você pode contar tudo para sua mãe e ela ainda assim vai ficar do seu lado? Aquela conexão única que o tempo não pode desbotar? É exatamente disso que se trata a série Gilmore Girls. Ela conta a história de mãe e filha, o título brasileiro da série ficou assim: “Tal mãe, tal filha”, diria que é apropriado para o contexto da série, mas não gosto quando mudam o nome da série.

Estou adquirindo e revendo os episódios da série que já vi e os ainda inéditos para mim. Acreditem em mim, são muitos. Irei postar as minhas impressões de cada temporada, e tentarei não contar muito da história ou só o suficiente para te deixar curioso, caro leitor.

sábado, 26 de julho de 2014

End Of Night - Dido


Only now it’s gone
Apenas agora que acabou
I can see the year
Eu consigo ver o ano
See for what it was
Ver o que dele foi feito
And start another day
E começar outro dia
All the liberty you took
Toda a liberdade que você teve
The love that you abused
O amor que você abusou
The friends that you turned
Os amigos que você colocaria
Against me if you could
Contra mim se pudesse

quarta-feira, 23 de julho de 2014

Pegar e Largar


O filme começa com o velório do noivo de Gray Wheeler (Jennifer Garner), no dia que seria o seu casamento. A dor da perda é demonstrada de forma magistral pela Jennifer que ainda precisa tolerar atitudes ofensivas de Fritz (Timothy Olyphant), quando se esconde no banheiro da casa onde o velório se desenrola. Na sequência do filme você se pergunta “Cadê as amigas da Gray? E a família da Gray?” Não há ninguém relacionado a ela no filme para lhe dar força. Algo totalmente atípico o que deixa o filme completamente interessante.

A força que ela recebe é dos amigos próximos do falecido, Sam (Kevin Smith) e de Dennis (Sam Jeager). Sam fica com a parte cômica do filme e Dennis com as verdades não ditas. Fritz não mora com eles, mas passa vários dias na cidade devido à perda. Todos acabam ficando na mesma casa, visto que o noivo de Gray a ajudava com o aluguel e ela precisou sair de sua casa as pressas.

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Machucar...


Não entendo como existe pessoas neste mundo que gostam de machucar os outros. Na verdade, sentem uma satisfação em fazê-lo...
Quando era adolescente, isso mesmo, aquela fase em que todos ficam confusos, decidi que sempre seria honesta comigo, com meus sentimentos e com as pessoas.
Infelizmente encontrei e ainda encontro aquelas pessoas que machucam por que são machucados. Querem simplesmente revidar o que foi feito a elas ao invés de mudar a atitude e provocar uma onda de mudança positiva onde estão. 
Se não deseja que façam com você, não faça com os outros. As verdades devem ser ditas, mas tudo depende da forma como é feito.
Não precisa magoar, pisar ou desprezar o sentimento das pessoas, mas seja você. Não aceite sentimento que outros querem lhe dar se você não corresponde, mas faça da forma certa. Faça como gostaria que lhe fizesse.
Eu não aceito falsidade e crueldade, você também não precisa aceitar. Mas temos que respeitar a forma de ser de outras pessoas, por mais que não concordemos não precisamos nos igualar a eles. Podemos escolher como somos e como agimos.

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Mi Destino


Hay un sueño que vive en mi corazón
Y que se alimenta cada día más y más
Un destino que hace tiempo descubri
Y crei con el alma
Y con todas mis fuerzas abrace

Pero a soplado el viento contra mi
Ha pegado muy fuerte
Y aun sigo de frente

sábado, 8 de março de 2014

In Time With You - T-drama




Me peguei essa semana relembrando de um dos melhores TW-dramas que já vi: In Time With You. Ele começa extremamente esquisito e fugindo dos padrões “água com açúcar” de outros dramas. Conta história de amizade e amor de Da Ren e You Qin. O interesse de Da Ren nasce no colegial e o persegue pela vida toda. Ele deixa de aceitar bolsas de estudo em universidades melhores só para poder ficar perto dela. Dá um jeito de ir para a mesma universidade que ela e mesmo ela não dando bola e achando ele um chato, lá está ele, o tempo todo. A amizade propriamente dita só começa na universidade, pois é quando ela aceita ser amiga dele. Nisso eles vão vivendo suas vidas, ela como líder de uma marca que produz sapatos e ele dentro do segmento de aviação. Sempre que entram em relacionamentos amorosos conversam entre si, buscando conselhos e muitas vezes confortos em situações tensas. Atos que seus namorados não gostam nada, nada dessa proximidade e intimidade.
Mas eu tenho é que falar do Da Ren, ele é que é a estrela do drama para mim.

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

Meu Sol, Meu Tudo


Quando estou lá
Naquele lugar onde há apenas
O escuro
A solidão
A tristeza
Sua luz me alcança e me aquece

Pessoas passam por mim
Podem ver meu sorriso
Mas Você me conhece melhor
Sabe quando tudo é ilusão
Quando preciso do Seu
Cuidado
Abraço
Amor

♥ Theme por Erica Pires © 2013 • Powered by Blogger • Todos os direitos reservados • Melhor Visualizado no Google Chrome • Topo